DentalArtist – Joana Dias, Médica Dentista/ Higienista Oral

IMG_9042 (1).JPG

Pode fazer um resumo do seu percurso ?

Em 2005 entrei no curso de Higene Oral na Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa. Na altura o meu objetivo era estudar Medicina Dentária mas, como não consegui colocação optei por frequentar Higiene Oral e, mais tarde, tentaria a mudança de curso. Com o decorrer do primeiro ano fui conhecendo as funções e previlégios de ser um Higienista Oral e por isso resolvi concluir o curso. Cerca de um ano após terminar o curso e trabalhar como Higienista Oral comecei a sentir necessidade de aprofundar o meu conhecimento, principalmente perante alguns pacientes periodontais em que eu não estava capacitada a realizar o tratamento periodontal adequado. Assim, candidatei-me ao Mestrado Integrado em Medicina Dentária e fiquei colocada na Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto, onde o terminei em 2015. Durante os anos em que estudei continuei a minha carreira como Higienista Oral, tanto a nível clínico como comunitário, o que me deu, como grande vantagem, o descobrir e reforçar qual seria a especialidade a seguir: Periodontologia.

A Joana começou como Higienista e agora é Médica Dentista e exerce em Periodontologia. O que a levou a tomar essa decisão?

O que me levou a tomar essa decisão foi querer “ir mais além”. Ficava pelas Raspagens e Alisamentos Radiculares e em algumas situações não conseguia dar a reposta cirúrgica necessária aos meus pacientes. Apesar de ter estudado Medicina Dentária e ter aprendido a resolver e tratar vários problemas transversais na área da saúde oral, o que sempre me motivou a realizar uma continuação à minha formação inicial, foi fazer aquilo que mais gostava (e ainda gosto), isto é, diagnosticar, tratar e acompanhar os pacientes com doença periodontal.

Qual é o papel da Higienista Joana no trabalho da Periodontologia que faz hoje?

Na maioria das clínicas onde trabalho sou Médica Dentista a exercer Periodontologia, sem nunca esquecer a minha formação de Higienista Oral. No meu entender a Higiene Oral, assim como o papel do Higienista Oral, é fundamental para o Periodontologista. Sem um correcto acompanhamento, instruções de higiene e consciência da patologia periodontal o resultado do tratamento clínico pelo Periodontologista pode não ser suficiente. Portanto, tenho a sorte de, em algumas clínicas, poder contar com a parceria de um Higienista Oral; noutras, conto comigo mesma.

O que acha do trabalho de equipa entre o Higienista e o Periodontologista?

O trabalho de equipa é fundamental, principalmente nas duas fases que para mim são as mais importantes: a primeira é a consciência da patologia e o correcto controlo de Placa Bacteriana pelo paciente, e a segunda é a fase de manutenção ou suporte periodontal. Na primeira fase o Higienista Oral é quem realiza o diagnóstico inicial, informa e realiza as intruções de higiene oral adequadas a cada paciente, assim como o controlo de outros factores co-adjuvantes. Se o paciente periodontal não tiver consciência da patologia que possui e não compreende que necessita de um trabalho de casa árduo, o sucesso do tratamento periodontal pode estar comprometido. O outro grande papel do Higienista Oral é o acompanhamento nas consultas de suporte, que em alguns casos podem ir de consultas mensais a semestrais, dependendo de cada caso. Um paciente motivado e controlado durante todas as fases do tratamento periodontal influência positivamente o sucesso de todo o trabalho de equipa.

O que acha da evolução da saúde oral em Portugal?

Acredito que a saúde oral em Portugal está a evoluir. Acho que as pessoas hoje em dia desenvolvem uma maior preocupação pelo aspecto estético, saúde e função dos seus dentes e gengivas. No entanto, ainda temos um longo caminho a percorrer.

Qual foi o episódio mais marcante na sua carreira?

Felizmente, considero alguns episódios e não apenas um. Alguns a nível da saúde oral comunitária, onde participei em vários projectos de voluntariado junto a populações com escasso acesso a cuidados de saúde oral; a nível clínico realço todos os pacientes que acompanhei desde uma fase inicial, quando tinham poucos cuidados de higiene oral e pensavam que perderiam todos os seus dentes e hoje se mantêm em tratamento de suporte periodontal comigo e sabem que os podem manter ao longo dos anos. São este tipo de casos que me deixa muito orgulhosa, tanto como higienista e periodontologista.

Não vive sem o que no seu trabalho?

Boca de demonstração, escova e escovilhões, sonda periodontal e espelho de mão 😀

Do que mais gosta na vida?

Da minha família, dos meus amigos e do meu cão.

E o que menos gosta?

De injustiças.

Tem projectos para o futuro?

Claro que sim, continuar a crescer a nível profissional…

Deixe um conselho para os novos profissionais da área.

Não se deixem levar pela rotina, todos os pacientes precisam da nossa atenção e cuidados. Tratar bem os pacientes com o melhor de nós e a nossa honestidade é fundamental para o sucesso.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s