Recessões gengivais – Causas e opções de Tratamento

Por vezes encontramos as raízes dos dentes expostas devido a recessões gengivais, isto é, a gengiva que cobre esta porção do dente, encontra-se numa posição anormal.

As recessões gengivais são comuns e por vezes passam despercebidas em estádios iniciais. Existem muitas possíveis causas da recessão mas o avançar da idade é o mais comum – 88% das pessoas com mais de 65 anos têm recessões pelo menos num dente.

Má higiene oral ou doença periodontal estão ligados à recessão gengival. Mas também podem acontecer em pessoas em boa saúde oral.

Normalmente existem duas causas de recessão:

  • Inflamação gengival – por exemplo, acumulação de placa bacteriana, tártaro e consequente inflamação da gengiva, (gengivite) ou devido a doenças imunitárias.
  • Desgaste mecânico – por exemplo, escovagem vigorosa ou escova dura. Piercings, problemas ortodônticos ou danos causados por tratamentos dentários.

A maior preocupação das recesões é a exposição da raíz do dente, tendo maior risco de cárie, infecção ou possível perda do dente.

Se a recessão estiver num estádio muito avançado e  o paciente tiver sintomas como sensibilidade dentária, dor ou infecção, existem vários tratamentos disponíveis, como, por exemplo, destartarização, antibióticos ou exertos gingivais.

Problemas causados pela recessão gengival:

  • Estética;
  • Possibilidade de perda de dentes;
  • Sensibilidade dentária;

A maioria dos casos não precisa de tratamento. Apenas são fornecidos, nestes casos, conselhos de prevenção (escolha da escova de dentes e técnica de escovagem) e controlo periódico.

Para os que precisam de tratamento existem várias soluções:

  • Tratamento ortodôntico;
  • Desensibilização através de vernizes de flúor;
  • Restaurações em compósito;
  • Porcelana ou compósito rosa para cobrir a raíz do dente, (quando existem problemas estéticos);
  • Cirurgia para colocação de enxerto de gengiva.
patient_2_a_free_gingival_graft.png
enxerto gengival

Como prevenir a recessão gengival?

  • Evitar escovas de dureza média ou dura. Prefererir escovas suaves;
  • Consultas regulares com o Higienista Oral;

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s