Análise dos movimentos da mandíbula e da língua ajudam a diagnosticar Parkinson

Observar a forma de falar de um paciente, mais especificamente, os movimentos padrões da língua e mandíbula, pode ajudar no diagnóstico precoce da Doença de Parkinson. Este método é não-invasivo, sem custos, e foi provado ser eficaz em mais de 90%.

Este método tem o potencial de identificar a progressão da doença de Parkinson e medir a eficácia dos tratamentos da desordem, segundo Rahul Shirastav, professor da Universidade do Estado do Michigan no Departamento das Ciências Comunicativas e Desordens e membro da equipa que desenvolveu o método.
Enquanto não existe cura para a doença de Parkinson, a detecção precoce é particularmente importante, pois os medicamentos existentes neste momento para controlar os sintomas são mais eficazes neste estado.

Link para este artigo: http://www.dental-tribune.com/articles/content/id/10880/scope/news/region/americas


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s